Blog do Fabio Jr

O blog que fala o que quer, porque nunca tem culpa de nada.

Pesquisar este blog

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Principais raças de boi de corte.

Os dados são confirmados pelo IBGE: a população brasileira tem hoje 205 milhões de habitantes - e o nosso rebanho já bateu os 212 milhões de animais. E aí vem a pergunta: de onde vieram as raças de bovinos criados em nosso país? Basicamente de duas regiões:

Da Europa, de onde foram trazidos durante a colonização os bois da espécie bos taurus taurus, como o Angus e o Hereford. São animais mais peludos e mais adaptados ao frio (saiba mais abaixo). Depois, nos séculos 19 e 20, começaram a chegar os animais da Índia que pertencem às raças zebuínas, como o nelore. São da espécie bos taurus indicus, mais rústicas e resistentes ao calor e que hoje formam 80% do rebanho brasileiro.

Saiba mais sobre as principais raças de gado de corte abaixo:




1 - Nelore. Na Índia, de onde veio, é usado apenas para a produção leiteira. No Brasil, no entanto, ao longo de várias gerações, foi feito um belo trabalho de melhoramento genético e hoje é um excelente produtor de carne. O macho tem cupim atrás do pescoço e a barbela, uma papada que vai até o peito. Com couro de cor clara, essa raça absorve menos a luz do sol, o que a ajudou a se adaptar em regiões de altas temperaturas. Em relação aos bois europeus, o nelore oferece uma carne mais magra, com menos filetes de gordura entre as fibras. Mas consegue desenvolver uma boa capa de gordura sobre a carcaça. Essa gordura ajuda a proteger a carne das baixas temperaturas nas câmaras frigoríficas. É um produto que tem boa aceitação no mercado e, pelo seu bom rendimento industrial e baixo custo, ajudou o Brasil a se tornar um dos maiores exportadores de carne do mundo. (crédito da foto: site da Embrapa).










2 – Hereford. A raça veio de Herefordshire, oeste da Inglaterra. O Hereford se originou de cruzamentos de outras raças nativas da Inglaterra, mas foi a holandesa Groningen que lhe deu a pelagem branca na cabeça e na barriga. O Hereford é mocho, quer dizer, não possui chifres. Tem esqueleto forte, boa massa muscular e também apresenta o marmoreio, aqueles veios de gordura entre as fibras que dão o sabor amanteigado à carne. O primeiro chegou ao Brasil em 1906, adquirido por Laurindo Leal, um pecuarista de Bagé, no Rio Grande do Sul. Hoje, calcula-se que 65% do rebanho está concentrado no Sul. No Centro-Oeste brasileiro, ele vem sendo criado nos cruzamentos com os animais das linhagens zebuínas.









3 – Aberdeen angus. Os condados de Alberdeen e de Angus, no nordeste da Escócia, foram a primeira região de criações das raças que acabaram levando o nome de sua origem, nas primeiras décadas de 1800. Dois séculos depois, esses animais se tornariam famosos no mundo inteiro pela maciez e pela grande quantidade de gordura entremeada entre as fibras de sua carne. No Brasil, o primeiro animal a chegar foi o touro Menelik que veio do Uruguai em 1906, por um criador de Bagé, no Rio Grande do Sul. A produção em maior escala começou nos últimos 10 anos, com o programa de certificação da carne angus. Como são originários de uma região de baixas temperaturas, sua adaptação ao clima e pasto nacionais é relativa e aumenta à medida que são cruzados com o nelore. Há duas variações dos bois da alberdeen angus, o black angus, de pelo preto, e o red angus, avermelhado. Hoje, é uma das raças com maior taxa de crescimento no país.









4 – Charolês. A Borgonha deu ao mundo não apenas vinhos de excelência. Também veio de lá o gado charolês, uma das raças mais apreciadas no mundo. Começou a ser aprimorada no século 18 na comunidade de Charolles, que fica na Borgonha, região central da França. Suas características principais: é um animal de grande porte, pelagem branca ou creme, boa estrutura óssea e excelente rendimento de carcaça. A carne tem bom marmoreio (gordura entre as fibras) o que lhe confere um sabor excelente. Os primeiros touros chegaram ao Brasil antes do angus e do hereford. A criação de fato começou em 1904, quando criadores gaúchos importaram dez animais do Uruguai, onde o charolês era criado há mais tempo.








segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Figuras do Brasil - Rei da Cacimbinha

Muito bom...



REI DA CACIMBINHA - PALAVRAS ÁRABES - CLIPE OFICIAL







10 sites onde você responde perguntas e ganha dinheiro

Selecionamos os melhores e mais confiáveis sites para você responder pesquisas e ganhar dinheiro, concorrer a prêmios e benefícios. Essas empresas de pesquisa remunerada, têm o foco de ajudar a empresas a lançarem novos produtos e serviços ou reformular um já existente contando com a opinião dos usuários que são recompensados por responder questionários dessas empresas. Todos os sites abaixo são gratuitos e oferecem recompensas pelas suas opiniões. Cadastre-se no máximo que você puder para não perder nenhuma oportunidade:


Caso não consiga acessar algum dos sites abaixo, entrar em contato conosco, basta deixar nome e e-mail na caixa de contato, com o nome do site que não conseguiu acessar:





  1. Qualibest

  2. Pode Ser Agora

  3. ECGlobal

  4. Myiyo

  5. GFK

  6. Global Test Market

  7. iSurvey

  8. GreenPanthera

  9. Ibope

  10. Make Money




Canção do Exílio, Pássaro Elétrico

Não sei como é
O canto de um sabiá
Nem a cor, asa ou forma.
Nunca vi uma palmeira
Devia ser uma terra bonita.

Tudo o que tenho
É um pássaro elétrico
Fabricado na China
Importado do Paraguai
Que canta belamente
O alfabeto americano




quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Prefeito de Cananeia-SP é cassado por determinação do TRE-SP

Prefeito e vice de Cananeia são cassados do cargo e ficam inelegíveis por abuso do poder econômico

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) cassou na terça-feira (9) o mandato do prefeito de Cananeia, Pedro Ferreira Dias Filho (PV), e do seu vice, Adriano Alves (PR), e decretou a inelegibilidade de ambos por oito anos subsequentes à eleição suplementar de 2013. A votação foi unânime.
Num julgamento que durou quase duas horas, a Corte paulista se debruçou sobre cinco recursos eleitorais que versavam sobre a conduta dos políticos e entendeu que houve utilização de caixa dois para abastecimento de veículos durante a campanha para a eleição suplementar no município, em 2013, utilização da máquina pública para obtenção de votos e uso indevido de servidores públicos. Dias Filho e Alves, além de ficarem inelegíveis por oito anos, deverão, ainda, pagar multa de 15 mil reais cada um.
Da decisão, cabe recurso ao TSE.
RE: 10058/ 10143/ 10228/10580/10665