Blog do Fabio Jr

O blog que fala o que quer, porque nunca tem culpa de nada.

Pesquisar este blog

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

O Amor

O amor é uma flecha que transpassa nosso peito e machuca demais nosso coração.
As vezes queremos tanto um amor de verdade, mais nem nos damos conta de que ele pode estar bem ali, do nosso lado.
O amor é uma ciência, que ninguém nunca conseguiu estudar.
Amar não é dizer que está apaixonado ou que está amando, amar é demonstrar com gestos, de que a pessoa amada, é simplesmente tudo para você. fazer com que ela se sinta a pessoa mais importante do mundo.
As vezes confundimos atração com amor, deixar se atrair por alguém é fácil, difícil é amar esta pessoa. pois o amor não nasce do dia para a noite, o amor é uma planta que cria raízes dentro de nosso peito, e pra isso ele precisa de tempo, quando ele está totalmente enraizado, dificilmente ele se acaba.
Com o tempo descobrimos que ficar ao lado da pessoa amada, vale mais do que tudo nessa vida.

"Fabio Jr Inocente"






"Eu já fiz de tudo pra te convencer
Mandei rosas vermelhas lindas pra você
Falei de amor, fiz uma canção.
A lua se foi, nem vi o sol chegar
Acreditei que o tempo não ia passar
Foi ilusão.

Enquanto houver razões eu não vou desistir
Se for pra eu chorar, quero chorar por ti,
Porque não te esqueço.
Vou te esperar passe o tempo que for,
Deixe bem guardado esse nosso amor
Sei que eu te mereço..

Eu vou deixar você voar
Bater a suas asas pra longe de mim
Mas só pra ver você voltar,
E toda arrependida me dizer
Amor te quero sim'"




quarta-feira, 22 de agosto de 2012

São Paulo acerta com Ganço

"Ganço já é do tricolor do Morumbi"

Segundo fontes ligadas ao time paulista, o meia Paulo Henrique Ganço, já estaria com meio caminho andado, para concretizar o acerto com o tricolor.

Nas próximas horas, ganço e seu empresario deveram se reunir com diretores do São Paulo para acertar detalhes de sua transferência para o time da capital.
Insatisfeito no time do santos, Ganso vê com bons olhos a sua chegada ao Morumbi.





terça-feira, 21 de agosto de 2012

Atalhos de caracteres com a tecla Alt


Formar caracteres utilizando a tecla alt+ números



  • ALT+1 ☺
  • ALT+2 ☻
  • ALT+3 ♥
  • ALT+4 ♦
  • ALT+5 ♣
  • ALT+6 �
  • ALT+7 •
  • ALT+8 ◘
  • ALT+9 ○
  • ALT+10 ◙
  • ALT+11 ♂
  • ALT+12 ♀
  • ALT+13 ♪
  • ALT+14 ♫
  • ALT+15 ☼
  • ALT+16 ►
  • ALT+17 ◄
  • ALT+18 ↕
  • ALT+19 ‼
  • ALT+20 ¶
  • ALT+21 §
  • ALT+22 ▬
  • ALT+23 ↨
  • ALT+24 ↑
  • ALT+25 ↓
  • ALT+26 →
  • ALT+27 ←
  • ALT+28 ∟
  • ALT+29 ↔
  • ALT+30 ▲
  • ALT+31 ▼
  • ALT+32 ALT+33 !
  • ALT+34 ”
  • ALT+35 #
  • ALT+36 $
  • ALT+37 %
  • ALT+38 &
  • ALT+39 ‘
  • ALT+40 (
  • ALT+41 )
  • ALT+42 *
  • ALT+43 +
  • ALT+44 ,
  • ALT+45 -
  • ALT+46 .
  • ALT+47 /
  • ALT+48 0
  • ALT+49 1
  • ALT+50 2
  • ALT+51 3
  • ALT+52 4
  • ALT+53 5
  • ALT+54 6
  • ALT+55 7
  • ALT+56 8
  • ALT+57 9
  • ALT+58 :
  • ALT+59 ;
  • ALT+60 <
  • ALT+61 =
  • ALT+62 >
  • ALT+63 ?
  • ALT+64 @
  • ALT+65 A
  • ALT+66 B
  • ALT+67 C
  • ALT+68 D
  • ALT+69 E
  • ALT+70 F
  • ALT+71 G
  • ALT+72 H
  • ALT+73 I
  • ALT+74 J
  • ALT+75 K
  • ALT+76 L
  • ALT+77 M
  • ALT+78 N
  • ALT+79 O
  • ALT+80 P
  • ALT+81 que
  • ALT+82 R
  • ALT+83 S
  • ALT+84 T
  • ALT+85 U
  • ALT+86 V
  • ALT+87 W
  • ALT+88 X
  • ALT+89 Y
  • ALT+90 Z
  • ALT+91 [
  • ALT+92 \
  • ALT+93 ]
  • ALT+94 ^
  • ALT+95 _ ALT+96 `
  • ALT+97 a
  • ALT+98 b
  • ALT+99 c
  • ALT+100 d
  • ALT+101 e
  • ALT+102 f
  • ALT+103 g
  • ALT+104 h
  • ALT+105 i
  • ALT+106 j
  • ALT+107 k
  • ALT+108 l
  • ALT+109 m
  • ALT+110 n
  • ALT+111 o
  • ALT+112 p
  • ALT+113 que
  • ALT+114 r
  • ALT+115 s
  • ALT+116 t
  • ALT+117 u
  • ALT+118 v
  • ALT+119 w
  • ALT+120 x
  • ALT+121 y
  • ALT+122 z
  • ALT+123 {
  • ALT+124 |
  • ALT+125 }
  • ALT+126 ~
  • ALT+127 ⌂
  • ALT+128 Ç
  • ALT+129 ü
  • ALT+130 é
  • ALT+131 â
  • ALT+132 ä
  • ALT+133 �
  • ALT+134 å
  • ALT+135 ç
  • ALT+136 ê
  • ALT+137 ë
  • ALT+138 è
  • ALT+139 ï
  • ALT+140 î
  • ALT+141 ì
  • ALT+142 Ä
  • ALT+143 Å
  • ALT+144 É
  • ALT+145 æ
  • ALT+146 Æ
  • ALT+147 ô
  • ALT+148 ö
  • ALT+149 ò
  • ALT+150 û
  • ALT+151 ù
  • ALT+152 ÿ
  • ALT+153 Ö
  • ALT+154 Ü
  • ALT+155 ¢
  • ALT+156 £
  • ALT+157 ¥
  • ALT+158 ₧
  • ALT+159 ƒ
  • ALT+160 á
  • ALT+161 í
  • ALT+162 ó
  • ALT+163 ú
  • ALT+164 não
  • ALT+165 não
  • ALT+166 ª
  • ALT+167 º
  • ALT+168 ¿
  • ALT+169 ⌐
  • ALT+170 ¬
  • ALT+171 ½
  • ALT+172 ¼
  • ALT+173 ¡
  • ALT+174 «
  • ALT+175 »
  • ALT+176 ░
  • ALT+177 ▒
  • ALT+178 ▓
  • ALT+179 │
  • ALT+180 ┤
  • ALT+181 ╡
  • ALT+182 ╢
  • ALT+183 ╖
  • ALT+184 ╕
  • ALT+185 ╣
  • ALT+186 ║
  • ALT+187 ╗
  • ALT+188 ╝
  • ALT+189 ╜
  • ALT+190 ╛
  • ALT+191 ┐
  • ALT+192 └
  • ALT+193 ┴
  • ALT+194 ┬
  • ALT+195 ├
  • ALT+196 ─
  • ALT+197 ┼
  • ALT+198 ╞
  • ALT+199 ╟
  • ALT+200 ╚
  • ALT+201 ╔
  • ALT+202 ╩
  • ALT+203 ╦
  • ALT+204 �
  • ALT+205 ═
  • ALT+206 ╬
  • ALT+207 ╧
  • ALT+208 ╨
  • ALT+210 ╥
  • ALT+211 ╙
  • ALT+212 ╘
  • ALT+213 ╒
  • ALT+214 ╓
  • ALT+215 ╫
  • ALT+216 ╪
  • ALT+217 ┘
  • ALT+218 ┌
  • ALT+219 █
  • ALT+220 ▄
  • ALT+221 ▌
  • ALT+222 ▐
  • ALT+223 ▀
  • ALT+224 α
  • ALT+225 ß
  • ALT+226 Γ
  • ALT+227 π
  • ALT+228 Σ
  • ALT+229 σ
  • ALT+230 µ
  • ALT+231 τ
  • ALT+232 Φ
  • ALT+233 Θ
  • ALT+234 Ω
  • ALT+235 δ
  • ALT+236 ∞
  • ALT+237 φ
  • ALT+238 ε
  • ALT+239 ∩
  • ALT+240 ≡
  • ALT+241 ±
  • ALT+242 ≥
  • ALT+243 ≤
  • ALT+244 �
  • ALT+245 ⌡
  • ALT+246 ÷
  • ALT+247 ≈
  • ALT+248 °
  • ALT+249 ∙
  • ALT+250 ·
  • ALT+251 √
  • ALT+252 ⁿ
  • ALT+253 ²
  • ALT+254 �



Se eu Morrer Amanhã

Se eu morrer amanhã
quero te ter hoje,
te conhecer
e te amar.

Quero levar de ti,
os beijos que não troquei,
as carícias que não tive,
os abraços
que não dei.

As madrugadas que não vivi,
a cama vazia em que acordei,
sentindo-te contra mim,
me procurando sem te achar,
pois não estavas ali.

Estava a te procurar tanto
que passei pela vida e não te vi.
As lágrimas que verti,
os olhos cansados
olhando o infinito,
e vendo só a ti.

Se eu morrer amanhã,
quero a certeza
que te tive um dia, 
para poder contar
aonde for
que foste meu
uma vez,
um minuto,
que não deu nem para um beijo,
pois estava tão perdida
que me perdi neste minuto.

Amando-te desta maneira,
passei pela vida
e nada vi,
pois só via a ti.
Nada mais procurava,
nem a ti achava...
Na minha loucura de te amar,
perdi a noção do tempo.
Te perdi
dentro de mim,
pois nunca o tive.

E, continuando essa busca,
se eu morrer amanhã,
serei feliz!
Te procurei,
não te encontrei
mas só te amei!


 Eda Carneiro da Rocha