Blog do Fabio Jr

O blog que fala o que quer, porque nunca tem culpa de nada.

Pesquisar este blog

sábado, 26 de outubro de 2013

Cinzentos

Abertas estão as mais profundas crateras, onde dormem os mais sofridos tormentos. Leito sacro onde hibernam nossos demônios e criaturas. Somos nuvens novas, daquelas que não viraram ao menos garoa e anseiam por trovejar. Não somos máquinas… Somos homens. Somos o nosso próprio sanatório, poupamos os alucinógenos e nos proporcionamos instantes de loucura. E a insanidade chama nossos amores pelo nome: Saudade, dor, lamúrias, sofrimento e tristeza. Somos pedaços vivos de uma atmosfera morta. Respiramos o ar repleto de suspiros dos apaixonados enquanto banhamo-nos nas chuvas de lágrimas que evaporam e arranjam morada no céu, tal qual as almas desencarnadas. Melancolia também seca e morre… Assim como os melancólicos. Não somos máquinas, mas quem dirá que somos homens? Somos a poesia que ainda não rimou, as palavras pesadas que o vento não quer levar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário